28 de fevereiro de 2015

O verdadeiro valor da amizade

   Num belo dia sentei para ver um filme, e lá vou eu escolher qual. É sempre uma saga para ter certeza do qual assistir, porque se o filme não for do meu agrado, não vou me prender a história. Assim passando por variados cartazes, um me chamou a atenção. INTOCÁVEIS, era esse o filme. Um filme que me representou o sentido de Amizade, ai eu me pergunto, imagino e tento responder, Qual é o verdadeiro valor da amizade?.
   Voltando um pouco no tempo, andei pesquisando a história da amizade e de onde ela surgiu, e o porque desse termo Amigo. Pode-se dizer que a amizade surgiu por um instinto de sobrevivência da espécie, uma necessidade mutua de ter um companheiro que não seja romântico-sexual (como diz o termo correto). Sendo assim tendo características de parceria, companheirismo e lealdade.
   No ponto de vista pessoal, de acordo com as minhas experiências vividas de um pouco mais de 10 anos e um pouco menos de 20 anos. Vi que existem vários tipos de amizade, aquelas que passam em nossas vidas quando crianças, quando adolescentes e quando jovens. Mas e na faze adulta? Na faze adulta as coisas mudam um pouco, pois não caracterizamos mais as pessoas que vivem ao nosso redor como amigas, podendo contar numa mão apenas quem são os verdadeiros amigos.
   No filme retrata a história de um rapaz, que por sua necessidade em arrumar um emprego, acaba trabalhando com um tetraplégico, como auxiliar de enfermagem. E ao decorrer da história, o rapaz acaba criando um afeto por seu chefe, que acabam tornando-se amigos e vivendo uma parceria. Assim mostrando o valor de uma verdadeira amizade, mesmo estando separados, um pouco longe da vivência do outro, a lealdade, o companheirismo jamais abandona.
   Portanto posso concluir, que o verdadeiro amigo se encontra ao nosso lado desde quando nascemos,  sendo nossa Mãe e nosso Pai, eles são nossos primeiros amigos. E o verdadeiro valor da amizade, do amor, é saber que só eles são capazes de doar a vida, se for preciso para te salvar. Basta se fazer uma pergunta, se eu estiver precisando de um rim, quem é capaz de tirar um e doar para mim? Quem vier no teu pensamento, pode saber, esse é seu melhor amigo. E assim vice-versa, para quem você doaria um rim seu. Esse é o VERDADEIRO VALOR DA AMIZADE.  




Nenhum comentário:

Postar um comentário